O MSG é seguro?

Absolutamente. Com base em pesquisas extensas e uma longa história de uso em todo o mundo, cientistas e especialistas em saúde provaram muitas vezes que o MSG é seguro para consumir. A FDA também considera que a adição de MSG aos alimentos é "geralmente reconhecida como segura". Embora muitas pessoas se identifiquem como sensíveis ao MSG, em estudos após estudos em que esses indivíduos recebem MSG ou placebo, os cientistas não conseguiram consistentemente desencadear reações. Organismos reguladores como o FDA também nunca foram capazes de confirmar que o consumo de MSG causa algum dos efeitos relatados, como dor de cabeça ou náusea.

Segundo a American Chemical Society (ACS), o glutamato nos alimentos é o mesmo que o glutamato no MSG. Existem vários tipos de glutamato, mas o corpo metaboliza o glutamato da mesma maneira, não importa de onde venha. Os seres humanos ingerem 20 a 40 vezes mais glutamato nos alimentos do que nos temperos.

O ASC afirma que, por esses motivos, o glutamato monossódico é um produto seguro. O MSG não é considerado um alérgeno e foi removido pela International Headache Society de sua lista de fatores causais para dores de cabeça em janeiro de 2018.

Conheça os fatos sobre o glutamato monossódico (MSG): Michelle Dudash, RDN