Saboreando alimentos à base de plantas: umami servido na FNCE 2019

Tempo de leitura: 2 minutos

Até agora, todos já ouvimos dizer que comer mais verdurass é melhor para a nossa saúde. Recentemente, uma sucessão de vegetais muitas vezes esquecidos - couve, couve de Bruxelas e couve-flor - vem sendo lembrada como “superalimentos” ricos em nutrientes. Uma coisa é clara: a melhor opção para todos é uma dieta rica em vegetais, frutas, grãos integrais e fontes de proteína magras, sem níveis excessivos de sódio. A chave para alcançar esses objetivos poderia muito bem ser o MSG, que melhora o sabor e faz com que os pratos à base de plantas tenham um sabor delicioso com menos sal.

Esse foi um dos conceitos que atraiu cerca de 11,000 nutricionistas e líderes da indústria de alimentos para a Filadélfia, de 26 a 29 de outubro, para a Food & Nutrition Conference & Expo (FNCE) 2019. Entre as principais tendências deste ano, destacam-se a alimentação voltada para as plantas e a rotulagem de transparência. e sustentabilidade alimentar e agrícola. Os fabricantes de alimentos saudáveis ​​divulgaram produtos sem grãos como uma nova opção sem glúten e as nozes como fonte alternativa de proteína à base de plantas, entre outras. A presença do Grupo Ajinomoto nesta, a maior conferência de nutricionistas registradas nos EUA, sublinhou nosso compromisso com o “Alimente-se Bem, Viva Bem”. Nosso estande estava centrado na dissipação de mitos e no compartilhamento de fatos sobre o MSG por meio de folhetos educacionais e conversas individuais com os participantes.

O Grupo também foi um dos poucos expositores a focar na redução de sódio com o nosso almoço em tigela de quinoa e amostras de degustação. Embalada com fibras, proteínas, vitaminas do complexo B e minerais, a quinoa está ganhando popularidade entre nutricionistas e consumidores preocupados com a saúde. Mas para pessoas não acostumadas a comer alimentos predominantemente à base de plantas, o MSG pode ser um importante estimulador de sabor que torna a quinoa e pratos semelhantes mais saborosos, se não absolutamente deliciosos. Nossa tigela de quinoa se destacou como um dos únicos itens quentes e saborosos em oferta, em comparação com salgadinhos ou bebidas. O estande foi um grande atrativo, com 1,500 tigelas distribuídas e 1,300 degustações. Como comentou um participante: “Eu nem sabia que gostava de quinoa - isso é delicioso! Além disso, os visitantes também receberam um agitador especial com mistura 50:50 de sal e MSG para utilizar facilmente o tempero na cozinha em casa.

Enquanto isso, em webinars associados e sessões interativas, os especialistas mencionaram a segurança do MSG como um intensificador de sabor derivado de plantas que pode ajudar a reduzir o consumo de sódio e abordou questões como, por exemplo, como as pessoas com necessidades alimentares especiais podem desfrutar mais da comida. Os participantes estavam interessados em aprender sobre o papel que o umami desempenha na dieta humana. Ao envolvê-los em vários pontos de contato, compartilhando informações sobre redução de sódio e amino-ciência, fomos capazes de dissipar algumas das desinformações persistentes sobre o MSG e convidá-los a saborear a experiência de uma alimentação saudável.


Histórias que você pode gostar