Mensagem do Presidente do Conselho

Desenvolver uma gestão e
estrutura de governança para responder com flexibilidade a
mudanças ambientais

Masatoshi Ito

Presidente do Conselho

Todos os presidentes dos órgãos consultivos são diretores externos, a fim de garantir a independência e estimular o debate.

O ambiente de negócios em torno do Grupo Ajinomoto está passando por mudanças drásticas. Isso inclui a desaceleração do crescimento no mercado japonês devido ao declínio da taxa de natalidade e envelhecimento da sociedade, padrões de consumo cada vez mais diversificados e personalizados em conjunto com a evolução das tecnologias digitais e a reorganização dos canais de vendas. Para identificar com precisão essas mudanças e obter um crescimento sustentado, criando valor através do ASV, o Grupo se esforça para implementar a tomada de decisões e a execução dos negócios de maneira rápida e adequada. Ao mesmo tempo, o Grupo trabalha continuamente para desenvolver e aprimorar seu sistema de governança corporativa, que monitora a transparência e a equidade dos negócios, bem como a eficácia e eficiência da execução dos negócios.

A partir de junho de 2019, todos os três comitês que se reportam diretamente ao Conselho de Administração - Comitê Consultivo de Nomeações, Comitê Consultivo de Remuneração e Comitê de Governança Corporativa - são presididos por conselheiros externos. Isso garante a objetividade e independência de cada comitê, ao mesmo tempo em que utiliza os conhecimentos dos Diretores externos, bem como seu amplo conhecimento e experiência, para estimular o debate nas reuniões do comitê. Isso aumentará ainda mais sua eficácia como órgãos consultivos do Conselho de Administração.

Adição de Diretor Interno Não Executivo para fortalecer o Grupo
funções de gerenciamento e supervisão interorganizacionais

Sob a nova estrutura, lançada em junho de 2019, nomeamos um diretor interno não executivo adicional para aumentar a eficácia da função de supervisão organizacional do Grupo. O Grupo possui inúmeras subsidiárias consolidadas, tanto no Japão quanto no exterior, e tomamos essa decisão porque sentimos que um Diretor interno não executivo em tempo integral, com profundo conhecimento e experiência nas operações do Grupo, estaria bem qualificado para supervisionar de perto seus gestão e execução de negócios. O Diretor Interno Não Executivo nomeado nesta ocasião supervisionará um total de cinco empresas, incluindo subsidiárias que têm um impacto significativo nos resultados consolidados e recentemente adquiriram importantes subsidiárias.

Além disso, lançamos um Comitê de Revisão da Management Foundation, que se reporta diretamente ao Conselho de Administração, a fim de fortalecer a base da função de gerenciamento entre grupos. É composto por três Diretores Representativos e pelo Diretor Interno Não Executivo acima mencionado, perfazendo um total de quatro membros, incluindo o Diretor Presidente que atua como presidente. O Comitê de Revisão da Management Management conduz discussões sobre o fortalecimento do controle interno de cada empresa do grupo e sobre o portfólio de ativos do grupo em relação à direção estratégica da administração do Grupo, e fornece feedback sobre essas discussões ao Conselho. Seu papel é aprofundar ainda mais a discussão da Diretoria, apoiando a tomada de decisões de negócios entre organizações do Grupo.

Também buscamos construir uma estrutura de gestão e governança que nos permita responder com flexibilidade às mudanças ambientais e à diversificação de valores. Faremos isso nomeando ativamente diretores (internos e externos) com alto nível de conhecimento de uma ampla variedade de origens, independentemente de gênero ou nacionalidade, para aumentar a diversidade.

Masatoshi Ito

Presidente do Conselho